quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

O público-alvo do Marketing Infantil



O público–alvo do Marketing Infantil




Neste momento onde o Marketing Infantil é sacrificado por algumas demandas de Lei, muito se gera a dúvida para quem você direciona seu produto infantil, se é para o responsável ou se é para a criança. 
Como falar de uma boneca que come, fala e corre para o papai ou para a mamãe? Como apresentar um novo sapato que brilha no escuro para o adulto? 
As ações de Marketing voltadas para os infantis deixaram de ser agressivas, isso sim, mas abolidas não!


Apresentar de forma suave estes lançamentos foi uma decisão escolhida que muitas empresas tomaram para não ver seus produtos encalhados nos mercados e nem sofrerem retaliações.


A criança tem o poder de assimilar o que ela quer, o que ela deseja, você pai,responsável  tem o poder da compra de saber se aquele produto ofertado é realmente bom ou não para seu pequeno. 


Diariamente, vários produtos são fabricados e comercializados  para os infantis de acordo com sua faixa  etária, mas muitos destes produtos não estão de acordo e devemos estar atentos a isto , pois uma falha é FATAL


Saber onde comprar, com quem comprar e como comprar é função do responsável ao escolher o que a criança deseja, saber dizer NÃO a um produto que ela deseja também é a função do responsável–educador, pois é através dos NÃOS que estamos passamos limites, e não vamos traumatizá-la se algo não estiver de seu acordo, apresentar o certo do errado é função do responsável.




Muitos brinquedos serão apresentados, muitas marcas serão lidas sem a criança nem saber ler, mas cabe a você pai, mãe, avó, saber a diferença entre: o que é bom e o que é ruim para ele. 


Quando um brinquedo é pensado ele é pensado para o infantil, é pensado no seu desenvolvimento, é pensado nas soluções e objetivos que esta criança quer alcançar, mas a decisão de compra é EXCLUSIVAMENTE do adulto, daqueles que tem o poder aquisitivo nas mãos, daqueles que são conhecedores e informados do que estão consumindo, são os tomadores de decisão.


Como apresentar um produto  novo ao pequeno sem trabalhar o universo lúdico? Sem trabalhar a imaginação? Crianças tem imaginação, são ricas de imaginação , não podemos podar o que elas tem. Muitas vezes conhecemos um determinado produto através de sua propaganda  a qual a criança presta atenção e informa ao responsável e não apenas de sua comercialização na prateleira no mercado. 


Querer consumir ou não este determinado produto infantil é escolha somente do adulto, ele tem o poder nas mãos.

Todo produto infantil será sedutor, será colorido, será divertido, porque criança é vida! Criança gosta de cor, criança gosta de diversão, criança gosta de encanto, é alegria, ela será envolvida  assim como nós adultos quando            “ namoramos” uma embalagem bonita de um perfume naquela loja cara de um shopping.






As mensagens para os mirins já estão sofrendo algumas alterações desde quando começou a Lei contra a Publicidade Infantil, mas seus produtos não sairão do mercado, seus brinquedos não deixarão de ter brilho e criança sempre será criança.


Por: Hosana Leonor






quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

É tempo de renovação

 É tempo de renovação...

Dezembro chegou, e com ele novas expectativas pro ano que vai chegar, vem ganhando força a cada dia, as incertezas do que abordar na nova estação, o que apresentar de novo na loja, terminar ou começar um projeto que está no pensamento há um tempão são algumas das decisões a serem tomadas.




Neste mês faça um levantamento do que deu certo e errado em seu varejo  ou serviço e o que precisa melhorar, trace novas conquistas, conquiste velhos clientes, busque novos, repagine o seu site infantil, enfim , se abra para o novo.

Decore a loja com artigos natalinos, faça uma blusa especialmente para esta data, para sua equipe usar durante o mês. Lembre-se o cliente gosta de se sentir abraçado em um estabelecimento, sorria sempre, principalmente para as crianças, um belo sorriso desmancha qualquer mau-humor. Ninguém gosta de entrar em uma loja e ser recebido de cara feia.




Para trabalhar com o público e para o público infantil tem que ter SIMPATIA, DOÇURA NA VOZ E AMABILIDADE.

Dezembro é um mês onde as vendas tendem a estar aquecidas pois estamos celebrando o Natal , uma data importante em nosso calendário e com ela a importância de presentear um pequeno querido como um ato simbólico.

Não perca a oportunidade de estar em contato com o seu cliente este mês, de presenteá-lo ao término de uma compra ao menos que seja com um cartãozinho de Natal retirado de sua árvore.




Repare como as pessoas ficam mais sensíveis nestas datas, é a esperança chegando é tempo de renovação...

Boas vendas para todos.


Por: Hosana Leonor